sexta-feira, 25 de maio de 2012

Súplica

Seja alma,
Seja pura
Não me deixe agora,
Sou uma água viva no seu oceano
Não vá embora..
Aqui aporta uma nau no seu cais
Em você deixei meu grito num sussurro de quero mais...

2 comentários:

Bruno Gaspari disse...

Belo poema em rogativas,
romântico e envolvente,
parabéns! Beijão =)

Fanzine Episódio Cultural disse...

Olá!! Este é um convite para você participar do “Grupo Academia Machadense de Letras”, onde você poderá publicar gratuitamente seus poemas, contos, crônicas, livros, música; textos sobre saúde, releases de CDS e DVDS, eventos, lançamentos, sugestões de filmes, Artes, Shows, teatro, cinema, dança, artesanato... Acesse o link abaixo e no canto superior direito clique em (PARTICIPAR). Grande abraço!
---------------------
https://www.facebook.com/groups/149884331847903/
OBS:
Em novembro (2013) a Academia Machadense de Letras, localizada em Machado, sul de Minas, realizará o IX Concurso de Poesias "Plínio Motta" (tema livre). Assim que sair o regulamento eu avisarei a todos Contamos com a sua participação.