terça-feira, 24 de abril de 2012

Pétalas que voam...seriam as borboletas?





A vida é um meio termo, só que os poetas nunca se fixam no meio, 
 dependendo do dia,  ele vai de um lado a outro e desesperados
tentam o equilíbrio, mas nunca no meio, corre prá lá e prá cá....
buscando achar uma só razão para suas emoções.

3 comentários:

Bruno Gaspari disse...

Sendo o poeta expressão
refrão: intensidade de vida
como resistir meio termo?

Bem pensadas palavras!
Parabéns! Beijos;)

Otavio Büti disse...

O poeta é um mentiroso que mente bem.

Abço
Büti

Mercedes Guimarães disse...

Você acha Otavio Buti? Entre uma mentira inventada e uma verdade vazia, o que preferes? rsrsrs poetas são pétalas de rosas voando... como toda arte, o objetivo sempre é espalhar emoção e amor, o mundo precisa de essência não é meu querido? Bjo prá vc e obg pela visita.